.

.


Últimas notícias

Brent Smith faz declaração sobre volta aos palcos após COVID-19


Foto por Katja Ogrin/Redferns
Foto por Katja Ogrin/Redferns
Em recente participação no "Zippo Encore Live With Jose Mangin", Brent Smith falou sobre a volta aos palcos e após algumas manchetes sobre isso, o vocalista fez uma declaração na página da banda para evitar qualquer mal-entendido, pois seus os comentários foram interpretados como se o Shinedown planejasse fazer uma turnê independentemente das circunstâncias.

 Leia abaixo o que Brent disse sobre a volta aos palcos:
"Éramos para estar em turnê agora [datas originais], intercalando com a participação em alguns festivais. Remarcamos a turnê para agosto e setembro - na verdade, o primeiro show está agendado para 31 de julho em Victoria, no Canadá - mas a partir de agora, isso é tudo. Portanto, não estamos recuando dessa reagenda."

"Obviamente, nossa prioridade número um é a segurança do público, mas também queremos que o público saiba algo de nós: não temos medo de tocar para você", continuou o vocalista. "Queremos fazer tudo com segurança e queremos voltar aos palcos pelos profissionais da comunidade médica, mas você não pode ficar dentro de casa para sempre. Seu sistema imunológico - quero que as pessoas entendam isto é, se você se abrigar em casa por muito tempo, isso prejudicará seu sistema imunológico. Obviamente, as pessoas mais velhas, se tiverem condições pré-existentes ou tiverem um sistema imunológico comprometido, sim, precisamos ser extremamente cuidadosos com eles e nos certificar de que eles estão seguros, mas para pessoas que não têm sistemas imunológicos comprometidos, não estando perto das pessoas agora e não voltando ao trabalho, isso está realmente prejudicando seu sistema imunológico. Precisamos voltar com segurança."

"Quero que as pessoas saibam que todos nós - nossa equipe, todos da banda, nossa gerência, nossa gravadora - estamos fazendo tudo o que estiver ao nosso alcance para garantir que, quando for a hora de podermos fazer shows novamente, queremos que todos saibam que, quando você comparecer a um show do Shinedown, estará em um ambiente seguro; nunca colocaremos a saúde de ninguém em risco", esclareceu. "Mas, dito isso, você deve manter um nível de - estar saudável também, comendo direito, tomando certos suplementos para ajudar a impulsionar seu sistema imunológico."

"Não fique paralisado pelo medo. Você não pode permitir que isso aconteça, porque então esse vírus invisível, como você quer dizer, então começa a ganhar. E não podemos permitir isso."
Declaração:
"ATENÇÃO, Shinedown Nation: eu gostaria de esclarecer qualquer mal-entendido sobre nossos planos de turnê que possa estar por aí, já que alguns dos meus comentários foram um pouco mal-interpretados recentemente, no meio de tentar permanecer positivo diante da pandemia do COVID-19.

Gostaríamos que todos soubessem que, embora mal possamos esperar para tocar e ver todos vocês na estrada novamente, só o faremos quando for seguro. A saúde e o bem-estar de nossos fãs é o mais importante e algo que levamos muito a sério.

Estaremos prontos para tocar para você quando for a hora certa e, enquanto isso, incentivo todos a dedicar esse tempo a se concentrar em manter a mente, o corpo e o espírito saudáveis, para que, quando pudermos voltar juntos.

Mantenha-se forte e otimista - vamos superar isso juntos."

Shinedown - GET UP (Acústico)

Recentemente, Brent Smith e Zach Myers participaram do programa 'Stay At Home Ball' de Elvis Duran e apresentaram 'GET UP' em versão acústica.

Assista abaixo:

Campanha: We Stand Tall

O Shinedown iniciou a campanha "We Stand Tall" (em referência a música 'Atlas Falls'), a qual convida todos os fãs e publicarem uma foto ou vídeo compartilhando o que te motiva a "ficar em pé" durante essa crise mundial do COVID-19

Vídeo:
Nossa nova música "Atlas Falls" oferece uma mensagem de otimismo e fé na humanidade. O hino nos assegura que, quando os tempos forem difíceis, nos manteremos firmes e "ficaremos em pé". Por isso, convidamos nossa comunidade incrível a fazer exatamente isso, compartilhe o que está te motivando a permanecer em pé. Poste uma foto ou vídeo com a hashtag #WeStandTall (em suas plataformas sociais / marque um amigo e o desafie a fazer o mesmo)! Vamos mostrar a nossa valorização e espalhar o amor...

Shinedown - Prelúdio

Para celebrar o segundo aniversário de lançamento do álbum 'Attention Attention', o Shinedown lançou um prelúdio do possível filme inspirado nas músicas do álbum. No vídeo, é possível conferir cenas dos clipes e um trecho de uma versão alternativa de 'Darkside'.

Confira abaixo:
Hey mundo, feliz #AttentionAttentionDay. Queríamos comemorar esse aniversário com um prelúdio muito exclusivo das coisas que estão por vir... 
Vídeo por Bill Yukich

Forbes: Shinedown arrecada mais de U$250 mil para o Direct Relief

Foto por Sanjay Parihk
Em entrevista ao site Forbes, Brent Smith, conversou sobre a parceria com a Direct Relief e a música 'Atlas Falls', novo álbum do projeto pararelo 'Smith & Myers' que ele e o guitarrista Zach Myers estavam gravando e o impacto da COVID-19 no mundo do entretenimento. 

Leia abaixo:
Como turnês e festivais de show desaparecem rapidamente do calendário em meio à pandemia de Coronavírus, a banda de  Rock Shinedown montou um pacote especial com camiseta exclusiva e download de música para beneficiar a Direct Relief, uma organização sem fins lucrativos com uma missão durante o COVID-19 de, “garantir que a coragem dos profissionais de saúde nas linhas de frente seja honrada com apoio significativo e que as pessoas em maior risco nessa pandemia sejam atendidas - independentemente da política, religião ou capacidade de pagamento”.

 Para o vocalista Brent Smith, a ideia rapidamente se manifestou durante a quarentena na Califórnia, onde ele estava trabalhando em estúdio com o guitarrista Zach Myers, no projeto paralelo Smith & Myers.


"É algo inédito para mim. Desde 11 de janeiro, quando eu realmente apareci na Califórnia, estive aqui desde então. No momento, estou em um hotel em que eu estava hospedado enquanto eu e Zach estávamos trabalhando no projeto Smith & Myers em Malibu. Todo dia, estávamos trabalhando no projeto e não estávamos realmente vendo as notícias - porque estávamos passando doze horas por dia no estúdio", explicou Smith, citando o cancelamento no início de março do festival de Austin, Texas, South By Southwest. "Estávamos quase terminando os dias que já tínhamos agendado e eu disse ao Zach: 'Vamos voltar para Memphis', para que ele pudesse ficar com sua esposa e seus dois filhos. Então, ele voltou e eu fiquei aqui. Eu nunca tinha ouvido os termos distanciamento social ou auto-quarentena. Eu aprendi sobre isso. Foi um enorme impacto para mim, porque isso estava acontecendo, mas não estávamos prestando atenção."


Quando Smith se atualizou, ele se familiarizou com o Direct Relief, um grupo humanitário criado em 1948 que hoje funciona em toda a América e em todo o mundo (em quase 100 países).

A chave para os esforços da Direct Relief é a natureza apartidária de seu trabalho, apesar da natureza altamente politizada da pandemia, trabalhando para estabelecer a frente unida necessária para enfrentar uma questão global.


"Não é apenas essencial para a saúde mental e física de todos, mas é essencial para nós, como pessoas, entender que isso não é algo que está acontecendo em um canto do mundo. Isso está acontecendo em todo lugar. É uma situação global como isso está afetando tantas pessoas", disse Smith. “O grande objetivo deles, é a comunidade médica e científica - os homens e as mulheres que lidam com essas situações em tempos de crise, seja pobreza, desastre natural ou pandemia. E é exatamente isso que a Direct Relief deve fazer: fazer com que esses homens e mulheres tenham os recursos de que precisam, em tempos de crise, para que possam curar os doentes, manter-se protegidos e seguir para um futuro melhor e mais brilhante."


Até agora, o Shinedown arrecadou quase U$ 250.000 (incluindo uma doação de U$ 20.000 da banda) através da venda de um pacote de camiseta e download de músicas disponível em seu site.

A música, "Atlas Falls", é a uma música que fez parte das sessões que compunham o quarto álbum de estúdio do Shinedown, Amaryllis, em 2012. Apesar de ter sido escrita e gravada há quase oito anos, o otimismo e o tom esperançoso da música são necessários durante os momentos geralmente sombrios e deprimentes. Em meio a COVID-19, a camiseta especial que acompanha o novo single apresenta imagens de "Atlas Falls" na frente e letra da música na parte de trás.

Na mitologia grega, o titã grego Atlas foi forçado a segurar para sempre sobre seus ombros o peso dos céus, implorando a pergunta: e se Atlas falhar?

Shinedown fornece uma resposta por meio de "Atlas Falls", afirmando que é imperativo reunir-se para o bem maior em tempos difíceis e nos abraçarmos, uma mensagem simbólica em meio ao COVID-19, apesar da natureza frequentemente dividida dos tempos.


"Eu sempre tive parentesco com a música e senti que veria a luz do dia em algum momento. Eu não sabia que seria nesse nível. Mas aqui estamos nós. E é a mesma música hoje em que está sendo utilizada durante os esforços com a Direct Relief e como temos parceria com eles - porque é uma música de otimismo", disse Smith. "Eu tenho um grande amigo meu que é médico. Ele está trabalhando na linha de frente da comunidade médica para ajudar onde puder. Mas ele me disse algo que realmente me deu esperança. Ele disse: 'Brent, todas as pandemias têm uma coisa em comum: todas terminaram'. Mas o fim disso depende de nós. Nós vamos ter que trabalhar um com o outro."


Além do álbum Smith & Myers, Brent continua trabalhando no sétimo álbum de estúdio de Shinedown, além de um filme baseado no álbum de 2018, Attention Attention.

Os últimos quatro álbuns de estúdio do Shinedown alcançaram o top 10 da parada pop da Billboard 200 e a banda tem dezesseis singles #1 na parada Mainstream Rock da Billboard, mais do que qualquer outra banda na história da parada.

Enquanto Shinedown teve o luxo de vender álbuns durante uma era que muitos artistas não têm (mais de 10 milhões em todo o mundo desde 2003), Brent rapidamente observa a importância de fazer turnê como um grande ativo econômico para artistas que lutam para monetizar músicas gravadas durante a era da Internet. 

Sem retorno aos eventos ao vivo à vista, essa perda afeta não apenas os artistas, mas um grande número de trabalhadores de colarinho branco ao redor do mundo.


"No momento, nossa maior preocupação é nossa equipe. Esses homens e mulheres são as pessoas que nos permitem montar o show que montamos a cada noite e estamos fazendo tudo ao nosso alcance agora para cuidar deles. Temos que garantir que eles sejam atendidos agora", disse Smith.



"Quando fizermos shows maiores em arenas ou festivais grandes, ou em determinados ciclos em que fazemos shows em anfiteatros - e conseguimos um público de mais de 10.000 pessoas - teremos uma equipe de operação com um mínimo de 25 pessoas. Então, você começa a olhar para todos os outros elementos", explicou o vocalista. "Vou dar um exemplo, porque conheço esses números reais. No verão passado, saímos em turnê com os nossos bons amigos Badflower e duas bandas do Reino Unido - Dinosaur Pile-Up e Broken Hands. E toda essa turnê abrigou cerca de 112 pessoas, com todas as bandas, ônibus e caminhões combinados para as quatro bandas. E então, quando você conta a equipe local de cada um desses lugares todos os dias, falamos de mais de 260 pessoas por dia que fazem esses shows", continuou Smith, observando o impacto econômico mundial das turnês perdidas.



"A indústria do entretenimento no momento não está paralisada, mas está em um padrão de espera. Portanto, sejam bandas, artistas de teatro ou todos esses eventos esportivos com elementos de reuniões de massa, isso não pode acontecer agora. Portanto, a melhor coisa que podemos fazer é o que os profissionais estão nos pedindo: fique em quarentena quando puder, ouça seu estado, seu governador e seu prefeito e mantenha-se informado sobre o que está acontecendo. Nós vamos superar isso e vamos superar isso e vamos voltar a fazer shows e praticar esportes. E as pessoas se sentirão confortáveis em estar próximas uma da outra. Mas isso vai acontecer da noite para o dia? Infelizmente, não."


Com o pacote "Atlas Falls" chegando a um quarto de milhão de dólares, Brent é claro sobre a relevância das letras da música hoje em meio à batalha do COVID-19.

"Existem 26 milhões de pessoas que entraram com pedido de desemprego. E isso é brutal. Se você não tem dinheiro para apoiar a camisa, pode apoiar de outras maneiras. Você pode ir ao site do Direct Relief e, se tiver U$ 5, pode doar diretamente à eles", disse o vocalista e compositor. "O refrão de 'Atlas Falls' faz uma observação muito, muito forte: 'Continue seguindo em frente agora, mantenha a cabeça acima das nuvens / eu estou bem com você, vou te levantar. Apenas espere.' Acho que é isso que muitas pessoas precisam ouvir agora. Eu sei que é difícil, mas você não está sozinho. Apenas espere e nós vamos superar isso."

Brent Smith comenta sobre COVID-19, 'Atlas Falls' e parceria com a Direct Relief

Em entrevista ao site The Morning Call, Brent Smith comentou sobre a pandemia mundial do Coronavirus (COVID-19), a música 'Atlas Falls', sua inspiração por trás da letra, parceria com a organização Direct Relief e datas da turnê.

Leia abaixo:
Jim Wood: Aonde você estava quando ouviu falar sobre o COVID-19 e quais foram seus pensamentos quando percebeu a gravidade da situação?
Brent Smith: Estamos no meio de um ano criativo com a banda e estávamos no estúdio trabalhando. Ficamos preocupados quando começamos a receber mensagens nos dizendo que teríamos que começar reagendar as datas da turnê. Foi quando começamos a olhar para nossos telefones, mídias sociais e notícias, então percebemos que naquele período em que estávamos no estúdio, a situação ficou critica. A primeira coisa que fizemos foi manter a calma e tentar obter uma visão geral do que estava acontecendo.

De onde surgiu a ideia de arrecadar fundos para a Direct Relief?
Algumas semanas atrás, foi a primeira vez que ouvi as palavras "distanciamento social" e "quarentena". Eu me vi assistindo ao noticiário e percebi que não podia ficar sentado ali sem fazer nada. Eu precisava descobrir o que realmente é COVID-19 e começar a me educar sobre isso e como achatar a curva.

Então comecei a investigar as organizações e como a banda poderia ajudar e conscientizar. Foi quando nos conectamos com a Direct Relief. Cada dólar que eles recebem, ajuda a comunidade médica em momentos de necessidade. Todas as coisas fundamentais que são necessárias agora, como ventiladores, máscaras e luvas de látex. Foi aí que a ideia da música e camiseta entraram em cena.

O que você pode me dizer sobre a faixa, "Atlas Falls"?
"Atlas Falls" foi escrita durante as sessões do nosso álbum de 2012, Amaryllis. Nós escrevemos muito para os nossos álbuns e embora uma música não faça parte dele, isso não significa que é ruim. Não combinava com álbum. Eu sempre pensei que a música seria lançada algum dia. Eu simplesmente não sabia que seria por isso. Ao comprar a camisa, você recebe a música para download. E 100% dos lucros vão diretamente para a organização.

Como surgiu a música?
Estávamos escrevendo com David Hodges e Zac Maloy. Zac acabou de terminar o livro "Atlas Shrugged" e teve a ideia. Foi uma história única. Uma noite, eu estava mergulhando profundamente na mitologia. Eu li que Atlas era o Deus da resistência e como Zeus colocou a esfera nos ombros de Atlas. A esfera é uma metáfora do mundo.

Foi aí que pensei, o que aconteceria se o Atlas caísse? Bem, nós, como povo, teríamos que estar lá para ajudar a Atlas e ser capaz de carregar o mundo também. É uma música sobre sobrevivência e espírito humano.

O que você pode me dizer sobre os planos de turnê do Shinedown?
Tínhamos mais de 30 datas de turnê para este ano, muitas delas estavam agendadas para abril e maio. Nosso agente de reservas se adiantou ao perceber o quanto isso seria sério e reagendou a turnê para agosto e setembro. Estamos otimistas, mas no momento a coisa mais inteligente a fazer é ouvir os profissionais.

Você tem alguma mensagem para os fãs?
Mais do que tudo, queremos que as pessoas saibam o quanto são necessárias e ajudem a espalhar a notícia sobre a Direct Relief e o que estamos fazendo.

Isso tudo é sobre ser humanitário. Esses homens e mulheres na linha de frente precisam de nossa ajuda e recursos, agora mais do que nunca para obter uma vacina e tratamento para que possamos nos proteger agora e nos próximos anos. Em grande escala, se podermos usar todos os nossos recursos, podemos chegar a um ponto em que controlaremos isso e iríamos nivelar a curva. As pessoas precisam de uma mensagem de esperançosa e isso é algo para se apegar.

Curiosidades: 'Amaryllis' completa 8 anos de lançamento

Ontem, o álbum 'Amaryllis', completou 8 anos de lançamento e para celebrar, criamos um  enquete em nosso Instagram (@shinedownbrazil) para que os nossos seguidores escolhessem entre uma série de curiosidades ou quiz, com 74% dos votos, 'curiosidades' ganhou a nossa enquete e separamos algumas do álbum e suas músicas para compartilhar com vocês.

AMARYLLIS E SEU SIGNIFICADO
A banda escolheu a flor Amaryllis por se sentirem surpresos de que existe um tipo dessa flor que cresce no deserto africano, mesmo não tendo nada ao seu redor e com isso, transmitem a mensagem de que todos tem que superar suas adversidades e enfrentar as situações difíceis que surgem ao longo da vida, e mesmo o mundo sendo caótico, injusto, etc, todos somos responsáveis pelo próprio destino.

Em entrevista ao site nightMair Creative, Brent Smith explicou o motivo de terem escolhido a flor Amaryllis para representar o álbum:
Algumas pessoas a chamam de 'Belladonna' ou 'Naked Lady', mas não é isso que tomamos a partir disso. Amaryllis é esta flor incrivelmente bela, que cresce no deserto e da época do ano cresce, há pouca vegetação crescendo em torno dela... portanto, não há explicação muito de como ela pode crescer e como ela cresce forte e bonita. Esse era o tipo de simbolismo que queríamos - através da adversidade que você cresce e deixa a sua Amaryllis florescer. Não necessariamente uma metáfora, mas usando um elemento que você realmente não vê no Rock 'n' Roll. Esta flor era realmente um símbolo de orgulho e perseverança.
E mais: Aproveitando toda essa representatividade, na contra capa do encarte, a banda colocou a frase "Don't be delicate, be vast and brilliant ("Não seja delicado, seja grande e brilhante") e Brent explicou: "Isso significa, não sossegue, seja o que você quer, quando o dia acabar, e você tiver o dom de estar vivo, porque o amanhã não é prometido, aproveite cada minuto que você puder e seja você mesmo, e em primeiro lugar, viva a sua vida."

CAPA: MANDALA
O Shinedown sempre se preocupa com o design da capa de seu álbum e com o 'Amaryllis', não podia ter sido diferente. Pensando em criar uma mandala para representar cada música na capa do álbum, a banda contou com o David Harrigan, diretor criativo da Atlantic Records.



Inspirado em todo esse processo artístico, a banda ainda lançou um livro digital que foi dividido sendo elas: PARTE I: CRIANDO AMARYLLIS
Leva o leitor para dentro dos processos criativos e de gravação, explorando a jornada da evolução da banda através da criação do álbum.

PARTE II: POR DENTRO DO SHINEDOWN
Revela a dinâmica da banda e como os quatro membros trabalharam juntos em sucessos e lutas para tornar sua visão de Amaryllis uma realidade.

POR DENTRO DAS MÚSICAS COM BRENT
Em suas próprias palavras, o vocalista e compositor principal Brent Smith fala sobre o álbum, música por música, fornecendo uma visão e perspectiva única sobre a origem das músicas do álbum, incluindo comentários em vídeo de alta qualidade.

POR DENTRO DA ARTE DO ÁLBUM COM DAVID HARRIGAN
O diretor criativo da Atlantic Records, que projetou o complexo trabalho artístico do álbum, explica o que aconteceu nesse processo extremamente gratificante, ele fala os elementos da bela obra de arte. Ele também possui uma imagem interativa que permite ao usuário explorar a obra de arte por conta própria, mergulhando nos elementos individuais para aprender o significado de seu simbolismo.

Caso tenha se interessado em comprar o livro, o mesmo foi intitulado "FOR YOUR SAKE: Inside the Making of Shinedown’s Amaryllis" e ainda está à venda na iBookstore, confira mais detalhes no site oficial: https://foryoursake.shinedown.com/

THE WARNER SOUND LIVE ROOM EP
Em 2013, a banda lançou o The Warner Sound Live Room EP com a gravação em audio e vídeo da performance realizada no estúdio Henson Recording Studios. O canal da The Warner Sound no YouTube disponibilizou a performance completa que tem Bully, I'll Follow You, Amaryllis, Miracle e I Feel the Earth Move (Cover Carole King).

Confira:
Bully

I'll Follow You

Amaryllis

Miracle

I Fell the Earth Move

Shinedown lança nova música 'Atlas Falls'

Diante da pandemia do Covid-19, o Shinedown e a Direct Relief, uma organização de ajuda humanitária sem fins lucrativos, cuja missão é melhorar a saúde e a vida das pessoas afetadas pela pobreza ou por situações de emergência, se uniram para ajudar a comunidade médica lançando uma grande novidade para os fãs.

A música 'Atlas Falls' (ouça a preview abaixo), que ficou fora do álbum 'Amaryllis' (2012) está sendo lançada pela primeira vez, e na compra da música e camiseta exclusiva 100% do lucro beneficiará a organização, além de U$20 mil já doados pela banda.



Em um post feito no Instragram, Brent Smith lançou a novidade contando com a ajuda de todos:

Precisamos de música, e um do outro, agora mais do que nunca, como todos nós estamos testemunhando uma pandemia global, diferente de tudo o que já vimos em muitas gerações. Eu, Barry, Zach, Eric e nossa família Shinedown queremos que o mundo inteiro saiba que estamos nisso juntos, e todos devemos fazer nossa parte para continuar a encorajar, amar, respeitar e cuidar um do outro.

Durante o processo de composição e gravação do álbum 'Amaryllis', havia uma música que significou muito para mim e para a banda, intitulada 'Atlas Falls'. Embora a música não tenha feito parte do álbum, eu sempre senti que um dia o mundo iria ouvi-la... Nunca foi tão claro para mim do que agora, que chegou a hora de 'Atlas Falls' ser lançada.

Fizemos uma parceria com uma organização incrível, a Direct Relief, que está fazendo um trabalho importante globalmente para ajudar a comunidade médica a receber equipamentos de proteção e suprimentos médicos essenciais, incluindo máscaras, luvas de exame e roupa de isolamento. Baixe 'Atlas Falls' com a compra de uma camiseta especial e 100% do lucro beneficiará a Direct Relief.

Para começar, estaremos doando U$20 mil e esperamos que você se junte a nós para apoiar o importante trabalho que eles estão fazendo também.

Estamos de volta! Confiram as últimas notícias da banda

Após um tempo fora do ar (por motivos pessoais), o Shinedown Brazil está de volta para trazer as últimas notícias e curiosidades do Shinedown. Reunimos aqui, as principais notícias que a banda teve durante os últimos meses, sendo elas: a nova turnê que terá apresentações de músicas menos conhecidas e b-sides da discografia da banda, informação sobre próximo álbum de estúdio e nova conquista na Billboard Mainstream Rock Songs.

SHINEDOWN CONFIRMA TURNÊ 'DEEP DIVE' COM MÚSICAS MENOS CONHECIDAS E B-SIDES
Pela primeira vez na história, o Shinedown confirmou uma turnê que apresentará suas músicas menos conhecidas e b-sides de sua discografia. A turnê foi anunciada com um vídeo explicativo feito por Zach Myers e Brent Smith.
"Iremos nos apresentar em lugares intimistas e tocar várias b-sides, será um show longo e tocaremos músicas nunca apresentadas ao vivo antes" disse Zach Myers.

"Todo show será um pouco diferente", acrescenta Brent Smith. "Como temos uma base de fãs tão incrível, muitos de vocês realmente falam sobre as músicas menos conhecidas dos álbuns do Shinedown e nunca tocamos algumas dessas músicas. Outras não tocamos há muito tempo e estamos super empolgados com isso. É algo novo para nós e, esperançosamente, algo emocionante para vocês."
BRENT SMITH COMENTA SOBRE PRÓXIMO ÁLBUM DE INÉDITAS
Em entrevista recente, Brent Smith comentou sobre o álbum sucessor de 'ATTENTION ATTENTION' (2018), segundo o vocalista, a banda pretende lançar até junho de 2021, a banda está finalizando o seu projeto de clipes do 'ATTENTION ATTENTION' que está sendo realizado com o diretor Bill Yukich e também tem shows marcados para o mês de abril em sua turnê, Deep Dive, que será repleta de músicas menos conhecidas e b-sides de sua discografia.
"Não posso dar datas específicas, mas vamos filmar demais os clipes - do 'ATTENTION ATTENTION' - em março, que no final será longa-metragem". Tem uma razão por trás de como esses singles estão sendo lançados. Há muitas bandas que fazem vídeos e coisas assim... mas a segunda parte dessa história e desse projeto está se preparando para ser apresentado ao mundo".
[...]
"Nós ainda não começamos a escrevê-lo, eu acho que não começaremos até o final da 'Deep Dive'. Provavelmente começaremos no final de maio ou começo de junho deste ano, então espero que o álbum seja lançado em junho de 2021."
Fonte: Loudwire/Blabbermouth

SHINEDOWN CONQUISTA SEU 16º SINGLE No.1
A banda conquistou o seu 16º single No.1 nas paradas da Billboard Mainstream Rock Songs com 'ATTENTION ATTENTION' do álbum que leva o mesmo nome, com essa marca o Shinedown divide o primeiro lugar com a banda Three Days Grace das bandas com mais No.1 em 39 anos de história da Billboard.

"Estamos sem palavras, estamos muito felizes por atingirmos esse marco", disse Brent Smith em declaração ao site Billboard. "Obrigado à todos os fãs apaixonados que fazem parte da família Shinedown e a todas as incríveis estações de rádio de Rock que nos apoiaram ao longo dos anos - vocês continuam a nos inspirar e não poderíamos ter conseguido nada disso sem vocês. Para a frente e para cima, todos crescemos juntos."

Bandas com mais singles No.1:
15 singles, Shinedown
15 singles, Three Days Grace
13 singles, Van Halen
10 singles, Disturbed
10 singles, Godsmack
10 singles, Tom Petty (solo e com The Heartbreakers)
9 singles, Aerosmith
9 singles, Metallica

Fonte: Billboard

Clipe: Attention Attention

O Shinedown lançou hoje, o clipe da música 'Attention Attention', que leva o nome do sexto álbum de estúdio lançado em maio do ano passado. A estreia aconteceu no próprio canal da banda no YouTube, o qual atingiu a marca de 1 milhão de inscritos há poucos dias.

Clipe:


ATUALIZADO 01/10/2019
Behind the Scenes:

Música Destaque: Get Up

Hoje (21), estamos completando 8 anos de Shinedown Brazil e voltamos com mais uma postagem especial que criamos ainda no começo da nossa história: Música Destaque.

Para quem ainda não conhece, neste especial, reunimos as informações e curiosidades da música escolhida e até o momento, temos mais de 20 especiais com outras músicas do Shinedown, confira aqui.

No ano passado, deixamos o nosso apoio ao Setembro Amarelo, mês mundial de prevenção do suicídio, reunindo mensagens sobre a conscientização à saúde mental a partir das letras das músicas e entrevistas da banda.

Para este ano, resolvemos reunir o nosso especial e reforçar essas mensagens com 'Get Up', o single de sucesso do álbum 'Attention Attention' que fez com o que o Shinedown ajudasse a quebrar com o estigma da saúde mental.

Confiram:
'Get Up' é a décima segunda música e segundo single do sexto álbum de estúdio do Shinedown, intitulado 'Attention Attention';
O single digital foi lançado no dia 08 de agosto/2018 e a produção foi realizada pelo baixista, Eric Bass;
Em novembro/2018, 'Get Up' se tornou o 11° single da banda no top 10 da parada Rock Airplay da Billboard, fazendo com que o Shinedown se tornasse a banda com mais singles no top 10 da parada, quebrando o empate com o Foo Fighters, e atingiu o primeiro lugar da parada Mainstream Rock Songs, se tornando o 13° da banda a alcançar essa marca;
Neste ano, a banda lançou um EP com versões especiais da música, em piano e acústico, além da versão original.

Apresentações:
A banda apresentou a música pela primeira vez ao vivo em versão acústica durante a participação no Build Series e BackStories/Guitar World que aconteceu em abril/2018:

Em janeiro/2019, a banda esteve no programa americano Live! with Kelly and Ryan para divulgar o álbum e realizou uma apresentação do single:


Significado e representatividade na história do álbum:
A música foi escrita por Brent sobre a depressão do baixista Eric e na história do álbum, 'Attention Attention', é o ponto de virada do personagem que começa a recuperar sua confiança.

A banda lançou uma série 'Track X Track' em que os membros falaram sobre cada música do álbum, confira o vídeo de 'Get Up':
Eric: "Get Up" é a música que nos deixou saber o caminho deste álbum, foi a música que, pelo menos aos meus olhos, nos deixou bem em falarmos sobre nossos problemas.

Brent: Antes de cantar para ele e de finalizarmos, eu disse que não sabia sobre o que escrever.

Então, eu acabei escrevendo sobre você (Eric) e estava morrendo de medo de que você pudesse ficar com raiva de mim porque não quis dizer... Eu não estava tentando pegar algo muito muito vulnerável em sua vida e eu não estava querendo te exibir, mas eu tive que escrever isso de um lugar real e é o que estava sendo dito para mim, acho que queria que fosse escrito.

E então, ele me disse "Wow, o que é isso?", eu olho agora e passei todo esse tempo pensando que meu amigo, membro da minha família, irmão, ficaria bravo comigo por descrevê-lo numa música e realmente deixar o mundo conhecer o seu modo complicado, mas você também é, realmente muito bonito em muitos níveis diferentes e é isso que faz de você ser quem você é.
Clipe oficial:

Dirigido por Bill Yukich (responsável pela direção de todos os clipes do álbum 'Attention Attention'), a banda divulgou o clipe com exclusividade no site Huffpost acompanhado de uma entrevista realizada com Brent Smith e Eric Bass:
"Não queríamos que o vídeo fosse sombrio... Bill disse: "Eu não quero fazer isso. Eu não quero fazer o que todo mundo acha que vamos fazer" disse Smith. "Então, vamos fazer algo que mostre muita emoção, mas que também aumente… Claro, é um vídeo emocional… Queríamos tornar o vídeo inspirador e não de um jeito brega.”

"Get Up", que começou como uma música escrita para um amigo e colega de banda, agora está trazendo sua mensagem inspiradora para milhões de ouvintes.

"Não queremos que as pessoas se sintam envergonhadas sobre o que elas estão passando... Você não será definido pelos seus fracassos. Será definido pelo fato de não ter desistido. A música serve para todos em diferentes maneiras" disse Brent.
Outros vídeos:
LIVE

Gravado e editado pelo Sanjay Parikh, fotógrafo/videógrafo que começou a trabalhar com a banda na turnê do álbum 'Attention Attention', o clipe ao vivo de "Get Up" conta com momentos dos bastidores da turnê e cenas ao vivo da estrada.
PIANO:

Antes de lançar a versão da música em piano no EP, a banda liberou o clipe desta versão em seu canal no YouTube.
E PARA ENCERRAR:
Em recente entrevista, Eric Bass comentou sobre como tem sido viver com depressão e fez uma análise diferente da música:
“Eu fui estimulado a ter que falar sobre minha depressão e ansiedade, algo que eu nunca tive que falar com ninguém além da minha banda e minha esposa. Foi provavelmente a melhor terapia que já tive” disse Bass.
[...]
“Você tem duas coisas: depressão e ansiedade, e depois o peso da depressão e da ansiedade. Esse peso é que ninguém me entende, estou sozinho e não posso falar com ninguém. E se não removermos o peso do problema, você nunca poderá trabalhar no problema”, disse Bass.
[...]
“Para mim, a música não é para a pessoa com depressão, é para as pessoas ao redor dela, para que elas acordem e percebam que seu amigo ou vizinho, pode estar realmente doente e precisando de ajuda... E nisso o indivíduo vai buscar ajuda e ter inspiração pela letra”, disse Bass
Caso você esteja precisando de ajuda - e/ou não tenha ninguém para conversar sobre isso - no Brasil, o Centro de Valorização da Vida tem voluntários que atendem gratuitamente no chat ou telefone (ligue 188 - 24 horas).

Brent Smith e Eric Bass falam sobre o estigma da depressão e 'GET UP'

Em entrevista ao Sprectrum News 1, Brent Smith e Eric Bass falaram sobre o estigma da depressão, composição da música 'GET UP' e a importante mensagem por trás da música. O site divulgou o vídeo da matéria em que apresenta a entrevista dos dois membros da banda e aos 1:25, podemos conhecer o cenário de gravação do clipe da música 'PYRO', clique aqui para assistir.

Leia abaixo:
Seus pensamentos mais profundos se transformam em letras, mas as músicas só ganham vida quando Eric Bass consegue se levantar. Foi uma música que seu colega de banda Shinedown, Brent Smith, escreveu que mudou sua vida.

"Eu olhei para ele e disse: 'você sabe do que se trata agora?' Ele disse 'sim, é sobre mim'", disse Smith.

"Eu soube instantaneamente sobre o que era", disse Bass.

"Get Up", o hit de Shinedown, é sobre a batalha de Bass com a depressão clínica. A banda diz que suas letras sobre doenças mentais nunca foram tão relevantes para a sociedade e nunca repercutiram tanto com a audiência.

“Eu fui estimulado a ter que falar sobre minha depressão e ansiedade, algo que eu nunca tive que falar com ninguém além da minha banda e minha esposa. Foi provavelmente a melhor terapia que já tive” disse Bass.

Isso o ajudou a entender a fera que é a depressão.

“Você tem duas coisas: depressão e ansiedade, e depois o peso da depressão e da ansiedade. Esse peso é que ninguém me entende, estou sozinho e não posso falar com ninguém. E se não removermos o peso do problema, você nunca poderá trabalhar no problema”, disse Bass.

Enquanto a banda passa o tempo em Los Angeles gravando vídeos para as músicas restantes em seu álbum Attention Attention, eles esperam que músicas como "Get Up", removam o peso ou pelo menos comece a levantá-lo. Basta olhar ao nosso redor, os caras disseram - problemas de saúde mental estão em toda parte.

“As pessoas estão, literalmente, entrando em mercados e atirando nas outras. Algo está errado”, disse Smith.

Mas Bass diz que medicação não é a resposta, é outro problema.

“Muitas dessas crianças recebem comprimidos e são medicadas até certo ponto, porque essa é a resposta simples. Para as pessoas prescreverem coisas para as outras... Tome isso e você se sentirá melhor. Não é o caso, pois eu sei em primeira mão, eu estava realmente pior quando estava tomando medicação”, disse Bass.

Enfrentar a depressão de frente, falar com alguém sobre isso, pode ser mais difícil de engolir, mas Bass diz que é a única maneira de levantar esse peso.

Brent pode ter escrito "Get Up" para Eric...

“Apenas conte, 1,2,3… mova-se. Enquanto diz "mova-se" na cabeça, saia da cama. E continue seguindo”, disse Smith.

Mas não é apenas só sobre ele...

“Para mim, a música não é para a pessoa com depressão, é para as pessoas ao redor dela, para que elas acordem e percebam que seu amigo ou vizinho, pode estar realmente doente e precisando de ajuda... E nisso o indivíduo vai buscar ajuda e ter inspiração pela letra”, disse Bass

Sabendo que alguém se importa o suficiente para te levantar, nos dias em que você não conseguia se levantar sozinho.

Shinedown

  • Brent SmithVocal
  • Eric BassBaixo / Vocal
  • Zach MyersGuitarra / Vocal
  • Barry KerchBateria